Feedback anônimo cria uma cultura de desconfiança

Enquanto avaliamos os exercícios dos mais de 470 candidatos para vaga de Pessoas e Recursos Hídricos na Chuva, uma coisa que me impressionou foi a quantidade de pessoas que acredita que o feedback só é válido se for anônimo.

Aqui na Chuva, todo feedback é identificado, quando a gente tem que falar algo a gente mete a cara, e fala de maneira transparente. Então por que tantos profissionais abominam a prática?

Eu fiquei muito encucado com isso, e decidi escrever esse textinho, explicando um pouco melhor sobre como a gente pensa e age por aqui.

Feedback anônimo cria uma cultura de insegurança

Matemático Aplicado que sou, vou aplicar contraposição para explicar o que acontece.

Assuma que você está na posição de definir um processo de feedback, e você decide que ele será anônimo. Quem for responder, provavelmente ao ver que é anônimo irá se perguntar:

  • Será que o feedback será anônimo de verdade?
  • Será que não dá para inferir quem eu sou pelas respostas?
  • Será que eu não deixei transparecer quem eu sou em alguma das minhas respostas discursivas?

Pronto, sua intenção era boa, mas você acabou causando ceticismo e insegurança na pessoa.

Feedback anônimo adiciona ruído nas respostas recebidas

Assumindo que seu feedback contenha perguntas dissertativas, a única forma da pessoa não deixar transparecer quem ela é é não sendo específica sobre pessoas, lugares, e situações.

O feedback anônimo incentiva que a pessoa não entre direto no assunto ou dilua os comentários dela de forma a ficar impossível de saber se ela foi o sujeito, vítima ou só um observador da situação que ela está comentando.

Sem querer, ao escolher feedback anônimo você está adicionando ruído no sinal das suas respostas.

Feedbacks anônimos são ruins pois são em sua maioria inúteis, e/ou contidos em culpa e receios.

Feedback anônimo impede a tomada de ações

A sua maior intenção com o feedback é poder melhorar uma situação. Como você vai poder fazer isso se não puder conversar com a pessoa que apontou o problema, para pedir mais detalhes, opiniões sobre a solução e acompanhamento futuro? O feedback anônimo acaba em si mesmo, o feedback transparente é o início de uma conversa.

Mas eu quero ouvir o que a pessoa pensa e sei que não temos um clima pra fazer isso sem ser anonimamente

Se sua organização não tem um ambiente onde as pessoas possam dizer o que pensam sem medo de retaliações, você tem um problema maior do que o feedback (anônimo ou não) em mãos.

Como mentores/gestores, é nossa função ter o interesse da nossa equipe em primeiro lugar, se você não consegue deixar sua equipe confortável ao seu redor, você tem que resolver isso antes, não é um formulário que vai melhorar seu clima organizacional.

Como encorajar que as pessoas lhe dêem feedbacks sinceros, sem maquiarem as respostas ou se esconderem na anonimidade?

Se pergunte: por que você quer feedback?

Seja aberto sobre seu objetivo sobre o feedback, comece pelo porquê, explique o contexto da sua iniciativa, o que tem te incomodado ou o que você quer melhorar, por que isso é importante?

Saber disso ajuda as pessoas a entenderem seus motivos e responderem sinceramente, sem ser anônimo.

Seja a mudança, mostre sua vulnerabilidade

Se você quer que as pessoas sejam transparentes com você, você precisa ser transparente com elas, transparência é mostrar vulnerabilidade. Mostre que você quer melhorar, que você está disposto a reconhecer quando e quanto errou. 

Mostre quando você errar, reconheça o erro e peça ajuda. Uma frase simples como “Puts, fiz besteira” faz mudanças tremendas na cultura da empresa.

Faça perguntas precisas

Para cada pergunta que você está fazendo, se pergunte: Por que eu estou perguntando isso? 

  • Evite perguntas que só visam viés de confirmação, 
  • Evite perguntas que direcionam uma resposta,
  • Evite perguntas abertas demais,

Preste contas sobre as ações tomadas baseadas no feedback recebido

Legal, você conseguiu feedbacks honestos, agora você precisa mostrar que eles são muito valiosos, então aja sobre eles. Prepare seu plano de ação, comece a implementá-lo e compartilhe com as pessoas o que você tem feito em cima disso e o que vai fazer, periodicamente.

“Eu trago tanta coisa na ponta da caneta, pois não tinha opção
A outra opção era mentir pra mim mesmo e conviver com a decisão
Agora você sabe bem porque tão real
Abro o coração e sempre vem tudo tão real
(…) não é só por mim, é pela gente e isso é tão real”

Rashid – Tão Real

2 comentários em “Feedback anônimo cria uma cultura de desconfiança”

  1. Pingback: Estágio em Product e Service Design na Chuva - Home-office/Campinas 2021 - Chuva Inc.

  2. Pingback: Estágio em Customer Success Home-Office/Campinas 2021 - Chuva Inc.

Não é possível comentar.